Badoca Safari Park

savana
http://badoca.pt/wp-content/themes/badoca_theme/images/headers/header-gamo.jpg
corner

Gamo

Cervus dama

Classificação

Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Cervidae

Habitat

Esta espécie é originária dos bosques, florestas e matas da Europa, alimentando-se de ervas, folhas e galhos. A sua beleza e docilidade levou a que fosse semi-domesticada, estando presente em inúmeros parques públicos e privados de todos os continentes.

Caracterização

Muito esquivo, o gamo encontra-se por vezes em clareiras, onde põe à prova o seu bom olfacto e audição, bem como a sua excelente visão.
A pelagem de Verão é acastanhada com suaves pintas claras, sendo a de Inverno acinzentada e homogénea. Apenas os machos possuem hastes, largas e espalmadas, arredondadas na base e apresentando várias pontas na parte superior. No início do seu crescimento as hastes são cobertas por um tecido («veludo») muito vascularizado que alimenta o seu rápido crescimento. Uma lesão neste tecido implica o aparecimento de uma deformação permanente na haste que, de ano para ano, ganha uma nova ponta, o que permite calcular a idade dos machos. As hastes caem naturalmente por volta do mês de Março para voltar a crescer no Verão, atingindo o tamanho máximo em Setembro/Outubro, aquando da época de reprodução, época em que os machos se confrontam.
As crias (geralmente uma por fêmea) nascem em meados de Junho após sete meses de gestação; são amamentadas durante nove a doze meses e atingem a maturidade sexual com cerca de um ano e meio.

Curiosidades

Em muitos países, o gamo é mantido em cativeiro para aproveitamento da sua carne e, em alguns casos, do veludo das hastes.